Um Mundo Insano: Capitalismo e a Epidemia de Doenças Mentais

E se não for a gente quem está doente, mas um sistema em desacordo com quem somos como seres sociais?

por Rod Tweedy e Mark Fisher

political-self-large

Recorte da capa de “The Politica Self”, Rod Tweedy, Karnac Books.

[Nota de Tradução: Apresentamos abaixo dois textos discutindo a relação, cada vez mais escancarada, entre os valores incentivados em uma sociedade capitalista e os diversos tipos de sofrimento mental que se alastram por nossas sociedades modernas, deixando para trás a ideia dessas doenças como meras questões individuais:

I. Um Mundo Insano, de Rod Tweedy, comenta sobre pesquisas recentes nas áreas de psicologia e neurobiologia que vêm trazendo à luz questões coletivas relacionadas às doenças mentais, suas conexões com aspectos fundamentais da sociedade atual e desmontando os pressupostos básicos sobre o ser humano que permeiam os valores sociais sob o capitalismo.

II. Não Prestar Pra Nada, de Mark Fisher (publicado originalmente no medium do parceiro Victor Marques), apresenta a força de seu relato pessoal de luta contra a depressão e seu lento caminho de reflexões até a compreensão desse mal como uma questão política e social, para muito além de seu sofrimento individual. ]

Continuar lendo

Anúncios

Bancos, Finanças, Socialismo e Democracia

Os bancos são instituições centrais na articulação das atividades no sistema capitalista. Como essas instituições deixaram de cumprir suas funções básicas e passaram a estender seu domínio sobre toda a economia? Podemos ver o sistema financeiro como um ambiente “neutro” cujos resultados são os “naturais” gerados pelos “mercados”? Será que dividir os grandes bancos será o suficiente para resolver essa situação?

por Ladislau Dowbor, Nuno Teles e J. W. Mason

socialize-finance-1

“Hand Vote” [Votação na Mão], de Kota Ezawa

Continuar lendo